marcadorA Ética Animal
-----------------------------------------------------------------
marcadorAção Civil Pública Ambiental com requerimento liminar contra vivissecção.
-----------------------------------------------------------------
marcadorHabeas corpus para os grandes primatas
-----------------------------------------------------------------
marcadorDarwin e a evolução jurídica: habeas corpus para Chimpanzés
-----------------------------------------------------------------
marcadorDireito Animal e Hermenêutica Jurídica da Mudança: Animais como Novos Sujeitos de Direito
-----------------------------------------------------------------
Congresso - Apresentação

RECIFE, NAS ASAS DA LIBERDADE!


Em 11 de Agosto de 1827, surge um dos maiores centros de ciências jurídicas do Brasil – a Escola Jurídica de Olinda. Influenciada pelos ideais libertários dos holandeses do século XVII, a criação da Faculdade de Direito do Recife, nova denominação dada em 1854, marcou a formação de uma sociedade não mais dependente dos anseios da metrópole, representada pela Faculdade de Coimbra.

Nesta academia foram formados artistas e intelectuais que escreveram a história do país: Rui Barbosa, Clóvis Beviláqua, Tobias Barreto, Castro Alves, Joaquim Nabuco, Teixeira de Freitas, Pontes de Miranda e muitos outros, que acabaram por constituir  aquela  que ficou conhecida  como  “Escola do Recife ”.

Como disse Joaquim Nabuco, não tivesse o Brasil permanecido atado durante mais de quatro séculos ao instituto da escravidão, uma mão de obra livre e assalariada já teria ultrapassado, há muito, o modelo de monocultura de exportação e desenvolvido os setores secundário e terciário da nossa economia, especialmente no norte e nordeste.

Lugar onde floresceu um dos mais importantes movimentos sociais do Brasil - o movimento abolicionista - não é de se estranhar que a cidade do Recife coloque em debate um tema que se expande cada vez mais pelo Brasil e pelo mundo: os direitos dos  animais.

Desse modo, a Universidade Federal de Pernambuco, liderada pelo Reitor Anísio Brasileiro de Freitas Dourado, retoma o antigo caminho da Escola de Olinda e abre as suas portas para o III World Conference on Bioethics and Animal Rights (III Conferência Mundial de Bioética e Direito dos Animais).

Segundo o pensamento de Tobias Barreto, a cultura deve ser compreendida como forma de auto-aperfeiçoamento do indivíduo, um sistema de forças que aponte para objetivos éticos. Assim, com o desígnio de discutir e debater o combate à fome - bandeira do governo brasileiro - e a luta pelo desenvolvimento ético na defesa dos direitos dos animais, professores, estudantes, cientistas, intelectuais e ativistas políticos de vários continentes estarão reunidos na UFPE, de 22 a 25 de agosto de 2012.

Sejam todos bem-vindos, pois faremos de Recife a capital mundial da bioética, da erradicação da fome e dos direitos dos animais.

Tagore Trajano de Almeida Silva
Coordenador Geral - Instituto Abolicionista pelos Animais
Ariene Cristina Dias Guimarães Bassoli e Marcelo Pelizzoli
Coordenadores Gerais do Evento/UFPE
Heron Santanta Gordilho
Coordenador Geral do Evento/UFBA

Comissão Organizadora

 TAXA DE INSCRIÇÃO
 VALOR FORMA DE PAGAMENTO
 Estudantes de Graduação
 R$ 100,00
 Estudantes de Pós-graduação
 R$ 150,00
 Profissionais R$ 200,00

Rua Prof. João Mendonça, Nº 52, Bairro Ondina, CEP 40.170.055, Salvador, Bahia, Brasil Todos os Direitos Reservados à IAA

Desenvolvido por Pinet Web Solutions