O retorno da raspadinha da Lotex: Ministério da Fazenda toma decisão - Descubra seus direitos com a Proteste 1
28/12/2023

O retorno da raspadinha da Lotex: Ministério da Fazenda toma decisão – Descubra seus direitos com a Proteste

Por

O Ministério da Fazenda deu autorização para a Caixa Econômica Federal retomar a Lotex, conhecida como “raspadinha”, uma loteria instantânea onde os participantes descobrem imediatamente se ganharam ao raspar o bilhete. Agora, será possível comprar tanto bilhetes físicos quanto online, através de um site específico. A Caixa será a responsável pela venda inicial dos bilhetes, mas futuramente outras empresas também poderão vendê-los. O objetivo dessa medida é aumentar a receita, com a expectativa de arrecadar até R$ 5 bilhões por ano através da Lotex.

O retorno da raspadinha da Lotex: Ministério da Fazenda toma decisão - Descubra seus direitos com a Proteste 2

A Lotex deixou de ser comercializada no Brasil em 2016, mas o governo está retomando suas atividades como parte de uma estratégia para diversificar as fontes de receita. A venda de bilhetes tanto em formato físico quanto online permite que a Lotex acompanhe os avanços tecnológicos e ofereça uma experiência de jogo mais abrangente.

Essa iniciativa do governo busca aproveitar o potencial de arrecadação da loteria instantânea. Após uma série de desentendimentos entre o governo e um consórcio internacional, que anteriormente havia arrematado a concessão para explorar a Lotex, a Caixa Econômica Federal foi escolhida para retomar as atividades da loteria instantânea.

A expectativa é que a Lotex seja uma importante fonte de receita, ajudando a aumentar a arrecadação do governo em até R$ 5 bilhões anuais. Agora, os apostadores poderão comprar bilhetes físicos e também participar online, através de uma “raspagem” virtual feita com o mouse. Com essa nova estratégia, o governo espera impulsionar a receita e otimizar a experiência de jogo oferecida pela Lotex.